Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

No Sítio do Costume

No Sítio do Costume

Medo

Quando acordei o medo estava lá. Parece que não me consigo livrar dele, presente sempre a qualquer hora do dia, até mesmo quando estou a dormir. Roi e corroi tudo o que há em mim. Mas é ai que está o segredo de se estar vivo, acordar com medo e mesmo assim levantar da cama, sair para o trabalho, sair com os amigos, ver aquele pôr do sol e sorrir. É o medo que me dá forças para viver cada dia ao máximo, é o medo que me faz sentir viva e correr atrás de sonhos e de motivos para ser feliz. É o medo que me faz sorrir e pensar que sou uma sortuda por estar viva. Quem é que nunca teve medo?

Eu tenho todos os dias. 

Transtorno de Ansiedade

Falo abertamente do meu Transtorno de Ansiedade com qualquer pessoa mas sinto-me sozinha e incompreendida. As pessoas são logo muito rápidas a catalogar a Depressão e os Transtornos de Pânico e Ansiedade como "vai trabalhar que isso passa", "está só fazer-se de coitadinho". 

Durante meses pensei que era mais facíl ter outro tipo de doença, mesmo que fosse uma doença grave, para ser percebida e não olhada de lado. Ter uma outra doença também pressupunha um tratamento diferente.

O meu tratamento tem passado só pelo acompanhamento psicológico. E aqui está outra conotação negativa.

A minha verdade é que estou no caminho da minha recuperação total, conheco-me melhor do que me conhecia a 2 anos atrás e tenho estratégias de combater a ansiedade e estas não passam pela medicação. 

Já me aceitei como sou mas a incompreensão dos outros ainda me revolta. Revolta-me porque fazem juizos de valor errados. Revolta-me porque as pessoas  não sentem como se estivessem a ter um ataque cardiaco só porque não lhes apetece ir comprar pão.

Eu, por exemplo, adoro concertos e festivais. Todos os anos ia a pelo menos um festival de verão e vinha de lá a querer mais. Já fui ver grandes concertos sozinha e adorei. Em Novembro de 2013, os 30 Seconds to Mars estiveram em Lisboa, eu tinha bilhete para ir e não fui porque nem de casa conseguia sair. Chorei a noite inteira. E as pessoas ainda acham que os Transtornos de Ansiedade são meros caprichos.

Gostava que as pessoas tentassem perceber melhor as doenças de foro psicológico e trata-las com respeito. Mas eu sou apenas uma gota no oceano e a minha revolta de nada serve.

Mesa de Cabeceira

Mensagens

Em destaque no SAPO Blogs
pub